O quão pior seria nosso mundo com o fim do Direito Penal?

Vez ou outra me deparo com uma questão que de fato me incomoda: o quão pior seria nosso mundo com o fim do Direito Penal? Eu tenho uma perturbadora dificuldade de acreditar que é o grau de civilidade do nosso sistema de justiça o responsável por impedir um cenário apocalíptico. Creio que a coesão valorativa e repúdio ao “crime” tenham como sustentáculo outros pilares – dispersos na sociedade. A legitimação da punição (formal/informal) daqueles que perturbam a sociedade não passa unicamente pelo filtro seletivo da parafernalha estatal.

Danilo Meneses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar