[DICAS PARA CONCURSO] Nada pode custar a sua felicidade.

Muitas vezes sou questionado: qual a melhor estratégia de estudos para conseguir a tão sonhada aprovação? Sempre faço questão de deixar bem claro que não há uma fórmula mágica que sirva a todos – se houvesse e eu a soubesse, provavelmente estaria rico.

Definitivamente (e infelizmente), não é o caso. Mas acredito que de fato há uma característica em específico que é necessária a todos que buscam a aprovação em um concurso público: EQUILÍBRIO.

Já ouvi falar sobre pessoas que estudavam cerca de 18 horas por dia e que rapidamente alcançaram seus objetivos. No meio dos “concurseiros” há muitas outras citações parecidas. Alcançaram o sonho? Se sim, que bom! Mas pergunto: qual foi o custo?

Todos nós temos compromissos! Seja com a família, filhos, amigos, saúde e até mesmo com o próprio lazer. Abrir mão de tudo que é bom na vida torna a jornada um verdadeiro sacrifício. Uma tortura constante e auto infligida.

Não creio que seja o melhor caminho. Se há algo que aprendi é que os extremistas são os primeiros a desistirem – principalmente quando o resultado não vem. A experiência também me ensinou outra importante lição: só não passam os que desistem.

Manter-se focado no objetivo é essencial. Ser disciplinado também. Ninguém passa em concurso se o verdadeiro compromisso é com a “balada”. Mas lembre-se: viver e aproveitar os momentos também faz parte do processo.

Nenhum “concurseiro” quer ser o mais depressivo da lista no Diário Oficial. Além do mais a realização profissional pelo serviço público é apenas uma das partes da própria existência. Há muito mais além disso!

Lembre-se: o equilíbrio é a matéria prima da persistência. Não abra mão da própria vida. Nenhum objetivo, por mais nobre e especial que seja, pode custar a sua própria felicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar